quarta-feira, 21 de setembro de 2011


A Semana da Geografia da UECE é um evento acadêmico, que tem como objetivo reunir estudantes, professores e profissionais desta ciência para discutir assuntos pertinentes à Geografia da UECE e do estado do Ceará. Estas discussões são realizadas em mesas redondas, apresentações de trabalhos e em aulas de campo. Neste ano, em sua XII versão, a Semana da Geografia acontecerá nos dias 17, 18, 19, 20 e 21 de outubro de 2011, na Universidade Estadual do Ceará (UECE), com o tema “Espaço, Políticas e meio ambiente”. Esta temática é referente às novas concepções e discussões sobre as questões ambientais, sobre o papel da Geografia como ciência ambiental e do geógrafo em sua pratica social, política e profissional. Também voltamos nossos olhares para a temática ambiental, como aquela que melhor define a geografia como ciência autônoma e quebra as históricas barreiras da dicotomia desta ciência. Pensando nestas indagações o evento possui um importante papel para a Geografia da UECE e do estado do Ceará, onde podemos verificar os caminhos seguidos por esta ciência, e quais podem ser seguidos pelos estudantes.

PÚBLICO-ALVO

Estudantes de Geografia, e cursos afins, Professores de geografia, e de ciências afins, Profissionais da área ambiental, e áreas afins, e integrantes de movimentos sociais e ambientalistas. A proposta é enriquecer e ampliar as discussões à respeito do tema e possibilitar um debate renovado acerca da geografia das questões socioambientais.

JUSTIFICATIVA

A semana da Geografia da UECE é um evento de grande importância para o curso e para o desenvolvimento desta ciência no estado do Ceará. Levando em conta a mesma não ter sido realizada nos últimos dois anos, e sabendo da importância como fórum de debates, faz-se necessário o evento ser retomado. Outra justificativa sua é referente à necessidade de se discutir sobre o tema “Espaço, Políticas e Meio Ambiente”, que é tratado muitas vezes de maneira simplista e escamoteada na atualidade.

Pretende-se tratar das questões ambientais como problemáticas de uma transformação social, defendendo a conservação da natureza para que seus usos sejam pautados em valores de justiça social, e não almejando um desenvolvimento que se diz sustentável, mas que na verdade pretende unicamente reproduzir as formas de produção do sistema capitalista. As lutas pelas melhorias nas condições de vida devem seguir etapas, onde a ação política é a primeira, seguido da questão social e depois ambiental. A transformação deve ser na base dos processos de relações da sociedade/natureza, deve-se produzir e discutir uma reformulação no discurso da educação ambiental e dos movimentos políticos. Ao unir o social com o meio ambiental, formando o ambiental, onde um se apresenta como parte do outro, num conjunto dialético, estamos unindo a geografia física com a humana, quebrando as barreiras da dicotomia.

OBJETIVOS

Objetivo geral

Discutir as novas apropriações da questão ambiental, pela geografia, como um conjunto dialético entre o meio ambiente e sociedade.

Objetivos específicos

- Tratar das novas discussões sobre as questões ambientais como problema ligado à uma transformação social e política;

- Defender a conservação da natureza para que seus usos sejam respeitados e racionalizados, e não para a reprodução do sistema capitalista;

- Discutir a geografia como ciência socioambiental, ou ambiental, sendo este ramo o que mais une a geografia física com a humana, quebrando as barreiras da dicotomia histórica desta ciência;

- Propor um debate político à respeito dos movimentos políticos e ambientais da geografia no âmbito do estado do Ceará;



ATIVIDADES

1 - Eixos Temáticos

A XII semana da geografia [Semageo] será estruturada em três eixos pertinentes aos estudos em geografia, que também são de interesses de outras ciências. As mesas redondas, apresentação de trabalhos e minicursos estão estruturados de acordo com tais eixos. Os eixos são:

Eixo 01: Meio Ambiente e Espaço Urbano

Este eixo pretende abordar as dinâmicas espaciais da sociedade urbana cearense levando em conta as questões ambientais. Discutir sobre as formas de uso e ocupação do solo do espaço urbano, e como estas formas de ocupação está influenciando o ambiente urbano, que é o resultado de complexas relações sociais ocorridas neste espaço.

Eixo 02: Educação Ambiental

Este eixo pretende discutir as práticas de ensino de geografia referente à Educação Ambiental, com debates sobre seus métodos, suas técnicas e teorias de ensino, verificando assim como esta educação ambiental são apreendidas pelos alunos e como é exigida pela escola, o papel do professor geógrafo nesta área de ensino e sobre as novas formas de ensino referentes á temática, visando formar estudantes com visão critica da realidade.

Eixo 03: Impactos Ambientais no Campo

Este eixo pretende debater sobre os impactos ambientais no campo, a degradação ambiental nos variados sistemas produtivos cearenses pelo o uso de agrotóxicos, que causam problemas ambientais e de saúde à população. Também há espaço para a discussão sobre os movimentos sociais do campo frente á estes processos de degradação do ambiente, sobre a agroecologia e permacultura no Ceará como alternativas conscientes de produção do espaço e para subsistência.



Palestra de abertura - Espaço, Políticas e Meio Ambiente
Professor Doutor Edson Vicente da Silva (UFC)

As atuais formas de espacialização da sociedade, por si, são formas de degradação ambiental, tanto do social como da natureza, pois quando verificamos a apropriação do espaço pela sociedade capitalista entendemos que esta almeja apenas o consumo individualista e desenfreado. A natureza é tida como um simples recurso que deve ser explorado, e quando há a consciência, alienada, de preservá-la, não fica claro para quem esta preservação é direcionada e quem será o beneficiado pela construção desta consciência. Mas a geografia, quando quer, entende muito bem para quê, e para quem, serve toda esta propaganda “preservacionista”. Ela serve unicamente para manter e preservar apenas o sistema capitalista de produção. A geografia deve se engajar nas lutas políticas e ambientais, que almejam uma transformação social para que esta nova sociedade preserve e se interrelacione com a natureza de forma igualitária, pois a sociedade é parte da natureza, e por não entender que esta também a compõe ela é negligenciada.



ESPAÇOS DO EVENTO

- Auditório Paulo Petrola [Reitoria];

- Auditório da Pós-graduação em Geografia;

- Espaço do Prolin [elefante branco];

- Coordenação dos cursos de Geografia;

- Laboratório de Prática de ensino em Geografia;

- Sala de Multimeios da Biblioteca central do campus Itaperi da UECE;


As mesas ocorrerão no Auditório Paulo Petrola da reitoria, os locais dos minicursos e encontros das saidas para aulas de campo serão divulgados no dia do credenciamento.




MESAS REDONDAS
Mesa-Redonda 01 - Meio ambiente e Espaço urbano: cidades ou sociedades sustentáveis?
Mediador: Prof. Mestre Alexandre Sabino do Nascimento (UECE)
Profª. Doutora Maria Elisa Zanella (UFC)
Profª. Doutora Zenilde Baima Amora (UECE)
Prof. Doutor José Meneleu Neto (UECE)

Mesa-Redonda 02 - Educação Ambiental e teoria geográfica
Mediador: Cristiane Ferreira de Souza França (UECE)
Profª. Mestre Cláudia Maria Magalhães Grangeiro (UECE)
Profª Mestre Lêda Vasconcelos Carvalho (UECE)
Profª. Doutora Isorlanda Caracristi (UEVA)

Mesa-Redonda 03 - Os impactos ambientais no campo
Mediador: Profª. Mestre Delma Barros Amaro Sena (UECE)
Profª. Doutora Raquel Maria Rigotto (UFC)
Prof. Mestre Diego Gadelha de Almeida (IFCE)
Profª. Doutora Denise de Souza Elias

Mesa-Redonda 04 - Políticas Ambientais: Avanços e retrocessos
Mediador: Prof. Mestre Andrea Bezerra Crispim (UECE)
Prof. Doutor Jeovah de Andrade Meireles (UFC)
Mestre Marcos Alberto de Oliveira Vieira (Secretário de Meio Ambiente de Maracanaú)
Mestrando Eduardo Augusto Felipe de Vasconcelos (PRODEMA - UFC)


ESPAÇO DO CAMPO NA GEOGRAFIA
Você poderá enviar fotos para o espaço de exposições que ocorrerá no evento. Este espaço pretende mostrar imagens de paisagens do estado do Ceará que retiradas em aulas de campo do curso de geografia. O Geógrafo é um cientista que também estuda os resultados das relações entre os processos fisicos e sociais, ou seja, a paisagem. Sendo a fotografia uma arte, e esta podendo ser um objeto e/ou um método de estuda, podemos dizer que o Geógrafo também pode ser considerado um artista.



- PROCEDIMENTOS E NORMAS DE ENVIO:

1. Envie sua foto no formato PDF, JPG ou Bitmap para o email , a mesma será avaliada pela comissão científica do evento;

2. Somente serão aceitas as imagens de paisagens de cunho científico e acadêmico, fotos com estudantes não serão aceitas;

3. Apresente os dados da foto, tais como: Data, Modalidade do curso (Licenciatura ou Bacharelado), Disciplina da Aula de campo, Professor(a), Local, e Descrição da Foto.

4. Apresente Seus dados de inscrito:

- Nome completo;

- Instituição, Grupo de pesquisa ou Laboratório;

- Poderá mandar quantas fotos quizer, mas a exposição terá um numero limite de fotos;

PERÍODO DE ENVIO DAS FOTOS: DE 21 Á 28 DE SETEMBRO



MINI-CURSOS E AULAS DE CAMPO
As inscrição para Minicursos e Aulas de campo só ocorrerão no ato do credenciamento.



NORMAS PARA ENVIO DE RESUMOS SIMPLES:
1. O resumo deve ser precedido pelo título do trabalho, que não deve possui mais que 20 palavras.

2. O resumo deve ter no mínimo 150 palavras e no máximo 500 e conter: introdução, objetivos, metodologia, tratamento metodológico ou material e métodos, resultados e conclusões.

3. O resumo deve ser escrito em um único parágrafo, com frases concisas e afirmativas, na forma direta e no passado, destacando a importância do assunto, o objetivo do trabalho, os resultados alcançados e as principais conclusões, isto é, deve apresentar todas as seções do artigo sob forma condensada.

4. A primeira frase do resumo deve ser significativa, explicando o tema principal do trabalho. A seguir deve se indicar informações sobre a categoria do tratamento utilizado de acordo com a natureza da pesquisa;

5. O tema do trabalho deve está inserido em um dos três eixos.



- PROCEDIMENTOS DE ENVIO

1. Envie o arquivo com o seu resumo simples para avaliação do mesmo nos formatos PDF ou WORD 97-2003, para o email do CAGEO< cageo_uece@yahoo.com.br >;


2. No e-mail informe os seguintes dados:
- Nome completo do autor, seguido pelos co-autores;
- Instituição, Laboratório ou grupo de pesquisa;
- Telefone;

3. Um autor só poderá enviar um trabalho.

PERÍODO DE ENVIO DOS RESUMOS SIMPLES: DE 21 Á 25 DE SETEMBRO